Últimos comentários

Eu estava a pouco andando por ...

03/04/2017 @ 14:12:51
por Pedro


Preciso de ajude vcs podem atender ...

13/07/2016 @ 01:15:10
por Giseli Martins


Evite o dreno de energia. *Proteja ...

04/07/2016 @ 14:53:51
por Kirk is out


gostei do texto simples e de ...

02/12/2015 @ 15:28:39
por Pedro Américo Santos de Menezes


não acredito... o paradoxo de deus ...

22/09/2014 @ 18:11:48
por seis tudo come bos**


Calendário

Maio 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
 << < > >>
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Quem está conectado?

Membro: 0
Visitante: 1

Anúncio

Palavras-chaves (TAGs)

Não há tags neste Blogs

rss Sindicação

Visualização dos artigos pertencentes à categoria: Artigos





Comunicação Social Espírita

“A missão do Espiritismo é transformar o homem, para que o mundo se transforme”.
Sabemos que a evolução acontece através das experiências que vivemos, dos relacionamentos, da troca de ideias, informações e dos meios de divulgação das ideias.
A divulgação do Espiritismo nos tempos atuais é extremamente importante. O Espiritismo precisa sair das quatro paredes do Centro Espírita. Cada um de nós pode contribuir, dentro de suas possibilidades, difundindo a mensagem espírita para a humanidade encarnada, numa chamada de consciência para que o homem alcance horizontes mais altos. 
O que é Comunicação Social Espírita
A Comunicação Social é o processo de mensagens dirigidas a um grande público, anônimo, heterogênio (diversificado), através de vários veículos, entre os livros, jornais, revistas, cinema e emissoras de rádio e de televisão.
A sua principal prioridade é apontar a meta da Doutrina dos Espíritos, que é a de melhorar o homem para que o homem melhore a instituição humana. Para tanto é preciso que se comunique ao homem, pelos meios disponíveis, sobre a necessidade para o despertamento dos valores da vida, aplicáveis em todas as circunstâncias, isto é, como lidar com os valores materiais, vitais, estéticos, éticos e morais no relacionamento humano, nos testes de cada dia, informando-lhe que o conhecimento e vivência dos princípios espíritas podem oferecer-lhe valiosos recursos para a melhora gradativa, no seu desempenho como candidato da sabedoria do viver com o mundo.
A Comunicação Social Espírita, sem dúvida, tem contribuição valiosa para oferecer ao ser encarnado, no tocante ao aperfeiçoamento espiritual da humanidade, quando sugere a aplicação da Lei do Amor como base para a fraternidade entre os homens, no desafio permanente e constante contra o egoísmo, orgulho, vaidade, ódio, inveja e violência, pois a pedra angular da nova ordem social é a fraternidade.
Princípios Filosóficos
A Comunicação Social Espírita destina-se ao púbico em geral, objetivando a divulgação da Doutrina Espírita, colocando ao seu alcance os princípios doutrinários e os serviços que o espiritismo oferece.  Os principais serviços oferecidos dentro de uma casa espírita são:
Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita.
Evangelização de crianças.
Estudo sobre Mediunidade.
Atendimento Fraterno.
Palestras Públicas.
Obras Assistências, e entre outras atividades dependendo da quantidade de trabalhadores envolvidos nas tarefas e da sua própria capacidade econômica.
Nesta tarefa não há propósito de convencer e nem converter. Há o propósito de informar e esclarecer. Divulga-se a Doutrina Espírita porque ela representa uma verdade consoladora, que é válida, útil e necessária aos homens e que concorre para melhoria da Humanidade. Sua aceitação, todavia será sempre voluntária e consciente. Sua imagem estará sempre associada “a liberdade com responsabilidade”.
A Comunicação Social Espírita destina-se também ao público interno, através da transmissão de informações gerais e específicas relacionadas com as atividades das instituições que tenham por fim o estudo, a difusão e a prática da Doutrina Espírita.
A informação passa a ser também um meio para promover a união dos espíritas e de suas instituições, a unificação e o fortalecimento do movimento espírita. A comunicação interna deve, pois caracterizar-se pela fraternidade, pela solidariedade, pela compreensão, pela tolerância, pelo apoio recíproco entre os companheiros que alimentam o mesmo ideal.
Princípios e Diretrizes Evangélicos Doutrinários
Toda Comunicação Social Espírita, independente de sua forma de expressão e do público a que se destina, deve refletir o amor e a verdade que estão contidos na Doutrina Espírita.
Espíritas! Amai-vos, este o primeiro ensinamento; instruí-vos, este o segundo. No Cristianismo se encontram todas as verdades; são de origem humana os erros que nele se enraizaram. (O Espírito de Verdade- O advento do Espírito de Verdade- Evangelho Segundo o Espiritismo- Allan Kardec)
Em todas as situações, a mensagem dever ser dirigida no rumo do entendimento fraternal, visando informar e orientar, mas também projetar imagem favorável e positiva do Espiritismo.
Se o espiritismo, conforme foi anunciado, tem que determinar a transformação da Humanidade, claro é que esse efeito ele só poderá produzir, melhorando as massas. O que se verificará gradualmente, pouco a pouco, em consequência do aperfeiçoamento dos indivíduos. (Allan Kardec -O Livro dos Espíritos cap. XIX , item 350).
Independente do grau de informação e persuasão que a mensagem apresente, ela deve revestir de equilíbrio e harmonia, visando contribuir, efetivamente, para esclarecer, consolar e orientar.
A Comunicação Social Espírita, portanto, deve sempre refletir uma postura expositiva e nunca impositiva, respeitando-se tanto o princípio de liberdade que a Doutrina Espírita preconiza, como também o público a que se destina, que tem faixas de interesses e motivação que não podem ser violentadas.
Toda Comunicação Social Espírita deve caracterizar-se pelo propósito prioritário de promover a Doutrina Espírita, sua mensagem, seus princípios e seus benefícios, sem a preocupação de destaque para a pessoa que promove.
A forma de apresentação da mensagem deve primar pela simplicidade, isentando-se qualquer conotação sensacionalista, não obstante possa e deva ser atualizada e dinâmica.
Meios e Mecanismos de Comunicação
O Veículo é todo meio, forma ou recurso capaz de divulgar a mensagem ao público a que se destina.  A principal função dos meios de comunicação é a utilização adequada dos veículos de comunicação, observando: a audiência, a frequência, a área de abrangência, a duração, a localização, a programação (ou inserções), com o propósito de obter-se o melhor resultado, no caso, para o movimento espírita.
Os principais meios de comunicação dividem-se em:
Eletrônicos, televisão, rádio, cinema e alto-falantes.
Jornal, revista, propaganda ao ar livre (outdoor), boletins, cartazes, folhetos, mensagens, faixa e brindes de modo geral (marcadores de páginas, calendários, camisetas, agendas, adesivos), etc…
Cada um apresenta características peculiares, vantagens e limitações. É essencial conhecê-las para obtenção de aproveitamento integral dos recursos.
A Federação Espírita Brasileira (FEB), orienta aos representantes das casas espíritas que toda comunicação espírita deve ter como parâmetro a expansão doutrinária do espiritismo, conceitos e páginas das obras fundamentais do Espiritismo.  Nos comentários, palestras e citações, esquivar-se de alusões ofensivas ou desrespeitosas aos direitos e às ideias alheias, especialmente àquelas que se refiram às crenças religiosas e aos interesses coletivos.
Biblioteca
A biblioteca em uma Casa Espírita possibilita o acesso ao livro, principalmente àqueles que, não tendo condições de adquiri-los, ficariam privados das leituras edificantes e enriquecedoras que as obras espíritas nos trazem.
A biblioteca de livros e periódicos espíritas deve servir para o uso dos seus frequentadores e de outras pessoas interessadas.
O Comunicador Social e seu Trabalho
Manter um bom relacionamento com outros departamentos da casa para servir adequadamente à casa, o Comunicador Social deve estar a par dos planos e acontecimentos programados.
O Comunicador Social Espírita é um prestador de serviços para todos, auxiliando-os na confecção correta de material impresso como mensagens, apostilas, comunicados, anúncios e etc.
Qualificação/Perfil do Comunicador Social Espírita:
Habilidade para representar devidamente a casa espírita.
Equilíbrio e sensatez.
Capacidade de planejamento e organização.
Capacidade de escrever as notícias de forma atrativa e gramaticalmente correta.
Boa vontade para cumprir suas responsabilidades.
Habilidade para relacionar-se com as pessoas.
Ter conhecimento das atribuições do setor de Comunicação Social.
Estar bem informado sobre os acontecimentos do movimento espírita Local, Regional, Nacional e Mundial, além das notícias gerais e acontecimentos no mundo.
Amor à pregação do Evangelho e da Doutrina.
Disposição para fazer um trabalho discreto e estratégico.
A Era da Internet
A Internet é uma rede mundial de computadores que não pertence a nenhum governo ou empresa.
A Internet hoje é maior rede mundial de comunicação, interligando computadores de grande, médio e pequeno porte e uma gama variada de pessoas com interesses em negócios, pesquisa, marketing, lazer, comunicação, turismo, propaganda, cultura e tantas outras áreas quanto se possa imaginar.
Hoje é possível ouvir rádio, assistir TV, ler livros, jornais, revistas, interagindo em tempo real com os acontecimentos, participando efetivamente, enviando sugestões, opiniões, cartas, reunindo grupos afins, participando de palestras, conversando com pessoas residentes em outros países, que não fosse a Internet, jamais seria possível.
Atualmente o número de sites espíritas é muito grande e presente em quase todos os países do Globo. É evidente que o veículo pode e deve, como vem fazendo na divulgação do Espiritismo, ser um instrumento de real valor na difusão das ideias Espíritas, mas desde que trabalhem as mensagens, comentários e assuntos sobre a ótica de Kardec, atendendo principalmente para os princípios éticos e morais da Doutrina dos Espíritos. As atividades espíritas na Internet são, entre outras:
Divulgação da Doutrina Espírita.
Estudo e esclarecimento doutrinário.
Estudos programados (cursos).
Palestras e Reuniões virtuais.
Auxílio fraterno e apoio moral.
Vibrações e tratamento de desobsessão.
Orações com fundo musical.
Livros Espíritas virtuais.
Boletins e jornais eletrônicos.
Programa de rádio.
Bazar virtual.
Criação de laços de amizade.
“A difusão espírita é justamente o esforço no qual todos os homens de boa vontade devem estar engajados”. (Cairbar Schutel)
A Internet é o que cada pessoa quiser que ela seja.
“O Espiritismo será o que o fizerem os homens”. – Leon Denis
“Solidários, seremos união.  Seperados uns dos outros seremos ponto de vista.  Juntos, alcançaremos a realização de nossos propósitos”. – Bezerra de Menezes

Referencias Bibliográficas
Orientação à Comunicação Social Espírita – Fundamentos Filosóficos e Técnicos – Federação Espírita Brasileira (FEB), 2ª Edição – Brasília/2013.
Federação Espírita do Estado do Mato Grosso – Coordenação de Comunicação Social



Princípios e Diretrizes da Comunicação Social Espírita –FEB ( Outubro/1993).
Manual Prático do Comunicador Social Espírita- CFN/FEB- Comissão Regional Nordeste.
Livro Conduta Espírita ( páginas 24 a 27) psicografia de Waldo Vieira ditado pelo espírito de André Luiz.

Palestras realizadas pela expositora ROSANE MERAT nos Centros Espíritas:
Centro Espírita Trabalhadores de Jesus – Venda das Pedras – Itaboraí – RJ
Data:  10 de setembro de 2015        Horário:  20:00 às 21:00 hs da noite
Centro Espírita João Batista – Visconde de Itaboraí – Itaboraí – RJ
Data:  10 de outubro de 2015        Horário:  17:00 às 18:00 hs da noite
31 Out 2015
rosanemerat · 811 vistos · 1 comentário
Categorias: Artigos

A Oração


Foto: Internet

O que é a Oração?

A oração é a elevação da nossa alma para Deus; é por ela que entramos em comunicação com Ele e dEle nos aproximamos.

Deus atende àqueles que oram com fé e fervor?

Deus envia-lhes sempre bons Espíritos para os auxiliarem.

Existem fórmulas especiais de orações?

Não. A divindade pouco se preocupa com as fórmulas; as intenções do suplicante é que fazem peso na balança da Bondade Divina.

Por que então existem, mesmo no Espiritismo, orações ditadas por Espíritos e que foram publicadas em livros?

Para ensinar os homens a raciocinar quando se dirigem a Deus e fazê-lo não só por meio de palavras, como também pelo sentimento e com inteligência.

Então essas fórmulas não compõem um ritual?

O Espiritismo não tem ritual, nem Formalismo. O intuito dos Espíritos, dando-nos uma coleção de preces, é nos oferecer um modelo de como deve ser feita a prece, sem que por isso se restrinjam às palavras escritas. É, ainda mais, como se disse, tornar a Oração inteligente e compreendida, e dar o sentido da petição que devemos fazer ao Supremo Criador, para aprendermos a pedir o que nos convém e o que nos é útil.

A Oração é agradável a Deus?

Sim, porque é um ato de humildade, é o reconhecimento das nossas fraquezas e da nossa inferioridade, evocando o auxílio dos Poderes Superiores, sempre solícitos em atender aos nossos rogos.

Por quem devemos orar?

Por nós mesmos, por nossos parentes, pelos nossos amigos e inimigos deste e do outro Mundo; devemos orar pelos que sofrem e por aqueles por quem ninguém ora.

Qual a Oração do Senhor?

Nosso Pai, que estais no infinito, santificado seja o vosso nome; venha a nós o vosso reino – o reino do bem; seja feita a vossa vontade na Terra e no espaço, assim como em todos os mundos habitados; dai-nos o pão da alma e do corpo; perdoai as nossas ofensas como de todo o coração perdoamos aos que nos têm ofendido; não nos deixeis sucumbir à tentação dos maus espíritos, mas enviai-nos os bons para nos esclarecerem. Amo-vos, ó meu Deus, de toda a minha alma e quero amar a todos os homens que, pelo vosso amor, são todos meus irmãos.

CAIRBAR SCHUTEL

(Do livro: ESPIRITISMO PARA AS CRIANÇAS)

Site: Espiritismo – Atendimento Fraterno

23 Jun 2015
rosanemerat · 269 vistos · 0 comentários
Categorias: Artigos

O Poder da Vontade


Resultado de imagem para o poder da vontade


 

Querer é poder! O poder da vontade é ilimitado. O homem, consciente de si mesmo, de seus recursos latentes, sente crescerem suas forças na razão dos esforços. Sabe que tudo o que de bem e bom desejar há de, mais cedo ou mais tarde, realizar-se inevitavelmente, ou na atualidade ou na série das suas existências, quando seu pensamento se puser de acordo com a Lei divina. E é nisso que se verifica a palavra celeste: “A fé transporta montanhas.”

 

Não é consolador e belo poder dizer: “Sou uma inteligência e uma vontade livres; a mim mesmo me fiz, inconscientemente, através das idades; edifiquei lentamente minha individualidade e liberdade e agora conheço a grandeza e a força que há em mim. Amparar-me-ei nelas; não deixarei que uma simples dúvida as empane por um instante sequer e, fazendo uso delas com o auxílio de Deus e de meus irmãos do espaço, elevar-me-ei acima de todas as dificuldades; vencerei o mal em mim; desapegar-me- ei de tudo o que me acorrenta às coisas grosseiras para levantar o vôo para os mundos felizes!”

Vejo claramente o caminho que se desenrola e que tenho de percorrer. Esse caminho atravessa a extensão ilimitada e não tem fim; mas, para guiar-me na estrada infinita, tenho um guia seguro – a compreensão da lei de vida, progresso e amor que rege todas as coisas; aprendi a conhecer-me, a crer em mim e em Deus. Possuo, pois, a chave de toda elevação e, na vida imensa que tenho diante de mim, conservar-me-ei firme, inabalável na vontade de enobrecer-me e elevar-me, cada vez mais; atrairei, com o auxílio de minha inteligência, que é filha de Deus, todas as riquezas morais e participarei de todas as maravilhas do Cosmo.

Minha vontade chama-me: “Para frente, sempre para frente, cada vez mais conhecimento, mais vida, vida divina!” E com ela conquistarei a plenitude da existência, construirei para mim uma personalidade melhor, mais radiosa e amante. Saí para sempre do estado inferior do ser ignorante, inconsciente de seu valor e poder; afirmo-me na independência e dignidade de minha consciência e estendo a mão a todos os meus irmãos, dizendo- lhes:

Despertai de vosso pesado sono; rasgai o véu material que vos envolve, aprendei a conhecer-vos, a conhecer as potências de vossa alma e a utilizá-las. Todas as vozes da Natureza, todas as vozes do espaço vos bradam: “Levantai-vos e marchai! Apressai- vos para a conquista de vossos destinos!”

A todos vós que vergais ao peso da vida, que, julgando-vos sós e fracos, vos entregais à tristeza, ao desespero, ou que aspirais ao nada, venho dizer: “O nada não existe; a morte é um novo nascimento, um encaminhar para novas tarefas, novos trabalhos, novas colheitas; a vida é uma comunhão universal e eterna que liga Deus a todos os seus filhos.”

A vós todos, que vos credes gastos pelos sofrimentos e decepções, pobres seres aflitos, corações que o vento áspero das provações secou; Espíritos esmagados, dilacerados pela roda de ferro da adversidade, venho dizer-vos:

“Não há alma que não possa renascer, fazendo brotar novas florescências. Basta-vos querer para sentirdes o despertar em vós de forças desconhecidas. Crede em vós, em vosso rejuvenescimento em novas vidas; crede em vossos destinos imortais. Crede em Deus, Sol dos sóis, foco imenso, do qual brilha em vós uma centelha, que se pode converter em chama ardente e generosa!

“Sabei que todo homem pode ser bom e feliz; para vir a sê-lo basta que o queira com energia e constância. A concepção mental do ser, elaborada na obscuridade das existências dolorosas, preparada pela vagarosa evolução das idades, expandir-se-á à luz das vidas superiores e todos conquistarão a magnífica individualidade que lhes está reservada.

“Dirigi incessantemente vosso pensamento para esta verdade: podeis vir a ser o que quiserdes. E sabei querer ser cada vez maiores e melhores. Tal é a noção do progresso eterno e o meio de realizá-lo; tal é o segredo da força mental, da qual emanam todas as magnéticas e físicas. Quando tiverdes conquistado esse domínio sobre vós mesmos, não mais tereis que temer os retardamentos nem as quedas, nem as doenças, nem a morte; tereis feito de vosso “eu” inferior e frágil uma alta e poderosa individualidade!”

Autor: Léon Denis

Publicado pelo Site:  https://ceacs.wordpress.com

Data da Publicação:  14/04/2015

19 Maio 2015
rosanemerat · 225 vistos · 0 comentários
Categorias: Artigos

Em Tudo Dai Graças!!!



 

Seu fardo está muito pesado? Você esta pelejando no deserto? A luta está difícil e você já não vê mais possibilidades? Complicado!

Hoje você já parou para olhar a sua volta, sabe aquele olhar que vai longe e percorre o mundo em segundos?

Reparou quantas pessoas estão sofrendo com a guerra, quantos sofrem por não terem um pedaço de pão para comerem, um teto para se proteger, outros que não possuem água para beber, e ainda tem aqueles que não podem ver, não podem falar, nem ouvir e muito menos caminhar.

Então... seu fardo está pesado mesmo? Ou será que você acordou bem, respirando, contemplou o dia, cumprimentou seus amigos, se arrumou, tomou um café e ainda tem um trabalho te esperando?

Reflita amigo!

Temos o hábito de reclamar tanto e nos esquecemos de olhar para o nosso irmão, esquecemos-nos de olhar para tantos e tantos problemas que são maiores que o nosso.

Quando você aprender a olhar para o lado, você vai se dar conta que o seu problema é pequeno diante de tantos outros e ai você vai entender o verdadeiro significado da frase: EM TUDO DAI GRAÇAS!


Autora: Priscilla Rodighiero

Mensagem compartilhada pela

rede social facebook.

18 Set 2014
rosanemerat · 227 vistos · 0 comentários
Categorias: Artigos

Bem Aventurados os Aflitos (Evangelho Segundo o Espiritismo (Cap. V—itens: 01 à 10)

clip_image002[6]



Justiça e Causas das Aflições


Desde os tempos mais remotos da humanidade, que o homem precisa aprender a lidar com os seus medos, suas inseguranças, angústias e de todos os tipos de dificuldades encontrados na sua caminhada.

Podemos citar algumas dificuldades do nosso dia a dia, tais como: MORAIS, FÍSICAS, SAÚDE e FINANCEIRA.

Diante de toda essa complexidade no qual nos deparamos, em que podemos atribuir essa responsabilidade? Em Deus ou em nós mesmos?

DEUS é bom e justo para com todos os seus filhos, e a sua misericórdia é tão infinita, que jamais dará privilégios ou regalias à determinada pessoa (espírito) em detrimento de outra. Porém, o nosso Pai nos concede o Livre arbítrio, no qual podemos fazer as nossas escolhas.

Porém, não podemos fugir ou mesmo ignorar a nossa responsabilidade diante dos nossos atos.

Por meio dos ensinos de Jesus, Deus pôs os homens na direção dessa causa, e hoje, julgando-os suficientemente maduros para compreendê-la, lhes revela completamente a aludida causa, por meio do ESPIRITISMO, isto é, pela palavra dos Espíritos (item 03 do Evangelho Segundo o Espiritismo — Allan Kardec)

Um dos ensinamentos deixados para a nossa evolução moral por JESUS CRISTO, que devemos colocar em prática do nosso dia a dia.

“AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS E AO PRÓXIMO COMO A TI MESMO”.

Todas as dificuldades encontradas na nossa caminhada, acontece porque ainda somos espíritos imperfeitos e impregnados pelo orgulho, vaidade, ciúme, inveja, ódio, e entre outras mazelas morais. E através de todas essas imperfeições morais, que vivemos em um mundo totalmente desigual.

E esse mesmo mundo totalmente desigual, onde milhares pessoas sofrem:

· Por causas das guerras de interesses religiosas e territoriais.

· Pela desperdício e pela má distribuição de alimentos, contribuindo com o aumento da miséria em muitos países.

· Pela manipulação das informações divulgadas pelos meios de comunicações (rádio, jornais, televisão e internet), contribuindo para o comodismo e falta de vontade de mudança por parte das pessoas.

· Pela alienação religiosa, onde algumas entidades religiosas procuram atribuir todas as ações equivocadas que são realizadas pelas pessoas, ao “diabo, demônios” e ignorando que todos são responsáveis pelos seus atos.

· Por desastres naturais (desabamentos, enchentes) destruindo muitos lares e ocasionando mortes inesperadas, sem qualquer explicação na visão humana. (item 06 do Evangelho Segundo o Espiritismo — Allan Kardec)

· Pelo crescente número de suicídios por diversos motivos.

· Por perdas dos entes queridos (familiares) de forma repentina.

O mundo precisa constantemente de mudanças, e esse dia chegará no momento em que o homem:

· Aprender à respeitar o seu semelhante.

· Ser solidário com o sofrimento alheio.

· Compreender à Justiça Divina.

· Colocando-se no lugar do seu semelhante.

E essa mudança ocorrerá, no momento da nossa conscientização, partindo do entendimento que toda e qualquer transformação moral começa por nós mesmos. E em contra partida, o Planeta Terra refletirá toda essa mudança e será um mundo mais justo para todos os seus habitantes.

Autora: Rosane Vilela Merat

Palestra realizada no dia: 11 de setembro de 2014

Local: Centro Espírita Trabalhadores de Jesus – Venda das Pedras – Itaboraí - RJ

Horário: 20:00 às 21:00


Referências Bibliográficas


KARDEC, Allan — O Evangelho Segundo o Espiritismo — Edição: 125, Editora: FEB (Federação Espírita Brasileira), Rio de Janeiro/2006.


XAVIER, Francisco Cândido — Nosso Lar — pelo espírito de André Luiz — Edição: 27, Editora: FEB (Federação Espírita Brasileira), Rio de Janeiro/1944.

18 Set 2014
rosanemerat · 268 vistos · 0 comentários
Categorias: Artigos

Prioridade para Deus


 

Você deve aquietar sua mente saindo da estagnação criada pelo vai e vem dos pensamentos. Nenhum contato com o Divino é possível se sua mente estiver agitada. Porque Eu falo no silêncio, na escuta atenta, na calma, no amor, na tranquilidade.

É somente entrando na Unidade que você pode se comunicar Comigo, embora Eu sempre escute você em toda e qualquer circunstância.


Para Me ouvir, você precisa aprender a entrar no espaço interno da Criação. Você deve priorizar isso. Hoje. Agora. Sempre. 

Quando criança, você usou seu tempo envolvido em brincadeiras infantis. Quando jovem, com os jogos de relacionamentos. Quando adulto, com preocupações de sobrevivência.

Quando, então, terá tempo para Mim?

Compreenda que, a partir daí, todas as outras coisas se sucederão, pois foi você quem se separou. Eu estive aí todo o tempo, atendo, cuidando e priorizando você desde sempre.

Autora: Dóris Viégas Beling

Livro: Joias da Sabedoria Divina – Página: 07 – Ano de Edição: 2007

25 Ago 2014
rosanemerat · 184 vistos · 0 comentários
Categorias: Artigos

1, 2, 3 ... 15 ... 29  Próxima página